Informativo Nova Nordeste

Notícias

CNN fura bloqueio de Maduro com um skype no Brasil. O que um pernambucano tem a ver com isto?

CNN fura bloqueio de Maduro com um skype no Brasil. O que um pernambucano tem a ver com isto?
Postado em: 02/09/2017 15:52

 

 

No dia 23 de agosto, a ex-procuradora da Venezuela Luisa Ortega Díaz chegou ao Brasil para participar de um encontro entre procuradores da América do Sul, na Procuradoria Geral da União, em Brasília.

Luisa Ortega acusa o presidente da Venezuela, Nicolás maduro, de perseguição. Ele pediu a prisão da ex-procuradora e do marido dela, após ela pedir investigação de graves irregularidades na gestão do atual presidente. Luisa Ortega saiu da Venezuela e recebeu convite de asilo na Colômbia.

O discurso e a coletiva de imprensa da ex-procuradora no Brasil, no dia 23 de agosto, foram exibidos, ao vivo, pela rede de televisão CNN, única emissora no mundo a transmitir em tempo real as denúncias da ex-procuradora sobre Nicolás Maduro. Foi o primeiro depoimento dela após sair do país.

Toda a transmissão, que durou mais de 30 minutos, foi realizada por um pernambucano do Recife, a pedido da CNN. O repórter Leandro Magalhães, que saiu da TV Nova para a TV Cultura de São Paulo, em Brasília, usou um aparelho celular via Skype conectado com a CNN, o que provocou reação do governo da Venezuela, já que várias emissoras da América do Sul e da própria Venezuela retransmitiram o sinal ao vivo da CNN.

Desde o início do ano, a rede de TV americana está proibida de disponibilizar o sinal da emissora no território da Venezuela por ordem do presidente Nicolás Maduro.

A cobertura realizada pela CNN, no Brasil, foi motivo de mais críticas à emissora pelo atual presidente, que chegou a falar em punição a emissoras que retransmitiram o sinal da CNN no território venezuelano.

A procuradora-geral destituída da Venezuela, Luísa Ortega Díaz, também esteve com Janot, durante a 22ª Reunião Especializada de Ministérios Públicos do Mercosul (REMPM).

Também teve um encontro com o ministro de Relações Exteriores, Aloysio Nunes, antes de falar à imprensa no Palácio Itamaraty.

 

Fonte: http://blogs.ne10.uol.com.br/jamildo/